Chile

Diário de Viagem: Nosso roteiro | de Passo Fundo ao Chile

por

Olá! Nesse primeiro post sobre a minha viagem até o Chile quero explicar pra vocês o nosso roteiro. Fazia um tempo que estávamos – meu marido e eu – procurando um lugar para passar o reveillon. Não queríamos nada agitado, nem badalado, então surgiu a ideia de ir de carro para Santiago no Chile, que ainda não conhecíamos. Claro que, pela distância, tivemos que ajustar um roteiro com cidades no meio do caminho, pra que valesse a pena de verdade. Então o roteiro ficou assim: Partimos de Passo Fundo rumo a Paysandu no Uruguai só pra dormir mesmo (ficamos no Gran Hotel Paysandu). No outro dia, saímos cedinho para Mendoza, na Argentina. Lá ficamos duas noites. A cidade é uma boa pra quem curte vinhos, tem muuuitas vinículas ótimas pra conhecer – e degustar!

chile - mocafresca6

Nossa turma! O parque do Aconcágua fica na estrada entre Mendoza e Santiago. Vale muuito parar, fazer a trilha e se surpreender com as paisagens

Aí, fomos para Santiago, onde ficamos 3 noites. Foi lá que passamos a virada! Foi super tranquilo, a cidade fica meio deserta porque a maioria dos santiaguinos vai à Viña del Mar passar o ano novo. No dia primeiro seguimos para o litoral do Pacífico. Ficamos 2 noites em Viña.

A partir daí fomos descendo. Nas minhas pesquisas tinha lido que Pucón, que fica numa região de lagos, tinha paisagens espetaculares (era verdade!), mas fica a 800km de Santiago! Para a viagem não ficar tão massante decidimos parar e dormir uma noite em Chillan que fica mais ou menos no meio do caminho entre Santiago e Pucón. Àquela altura da viagem foi providencial. Apesar das estradas serem boas, sem movimento, é importante não sacrificar muito o motorista, né gente? Falando em motorista, quem dirigiu o nosso carro – fomos em dois carros – foi o Lucas, meu marido piloto, kkkk! Sério, ele foi muito herói em dirigir 6.500km sozinho!

chile - mocafresca8

Minha mana e eu depois de um almoço delícia na Coquinaria em Santiago – volto falar sobre Santiago nos próximos posts, ok?

Voltando ao roteiro… Ficamos 2 noites em Pucón, mas a nossa vontade era estender para mais um dia, tem muitas coisas pra se fazer lá. Acontece que não conseguimos trocar as datas dos hotéis. Paciência. Era hora de voltar… Tínhamos 3 dias para o retorno, então dividimos assim: Fomos de Pucón a Santa Rosa na Argentina – gente, a estrada aqui era na Pampa argentina, um deserto só, se alguém for fazer esse roteiro, lembrem-se de levar peso argentino porque os postos de combustíveis não estavam aceitando cartões de crédito e em muitos casos, nem tinham gasolina! Bem complicado. De Santa Rosa fomos até Payssandu no Uruguai. E de lá seguimos até Passo Fundo. Ufa!

Esse foi o nosso roteiro. Ao todo foram 13 dias de viagem. Ahh, e um detalhe que esqueci de contar: levamos nossas bicicletas! No fim, não pedalamos tanto, então pelo trabalho e pelo desgaste das bikes não sei se foi vantagem levar. Se tiverem dúvidas, perguntem nos comentários que vai ser um prazer ajudar! O próximo post sobre a viagem vai ser sobre Mendoza na Argentina. Até mais!

Beijinhos,

Nati