Canadá

Grouse Mountain: Escalando o pico de Vancouver!

por

Oi gente! Tudo bem com vocês? Estou começando a me organizar pra postar pelo menos 3 vezes por semana por aqui, ok? Não é todo dia que tenho assunto porque a rotina é sempre a mesma, com excessão de quando faço algum passeio depois da aula. Pode deixar que já anotei pra escrever sobre como é a minha rotina, porque já estabeleci mais ou menos o meu dia a dia e sei que muita gente tem dúvidas com relação a isso – eu mesma tinha muitas dúvidas antes de chegar (;

Sábado passado combinei com uma turma e fomos até a Grouse Mountain, que é considerada o pico de Vancouver! Lá em cima tem diversas atrações como tirolesa, shows de pássaros, passeio de helicóptero, paragliding, etc. mas o que fizemos mesmo foi escalar a montanha! Muita gente faz esse hiking então decidimos nos aventurar. Mas gente, é super difícil, pelo menos pra mim! Nunca tinha feito algo parecido, a subida é íngreme e com muitas pedras. Na entrada tem uma placa avisando que a trilha exige nível intermediário a avançado de experiência. É muito bacana chegar ao topo, mas é bom ter noção que a subida exige bastante esforço! Eu não tinha essa noção, se tivesse, talvez não teria me arriscado (:

foto 3

foto 1foto 5

Subiiindo… e na chegada, feliz!

Se decidirem fazer o hiking é fundamental levar bastante água (levei duas garrafas de 700ml e bebi quase tudo), vestir roupas apropriadas (tecidos que deixem  o corpo transpirar, tênis confortável e bermuda no verão), passar protetor solar e repelente de insetos (levei muuuitas picadas) e alguns snacks. Acho uma boa levar aquelas barrinhas de proteína, bem doces, sabem? A corpo vai pedir açúcar, podem apostar!

foto 2

Essa é a vista lá de cima

foto 4

Lá no topo a gente pode conhecer um casal de ursos. Muito fofos!

Quem não quiser fazer o hiking é só pegar a gôndola pra chegar lá em cima. Pra descer, todos são obrigados a usar a gôndola – e pagar $10. A Grouse Mountain fica em West Vancouver. Pra mais detalhes, deem uma olhada no site, ok?  Ou então perguntem aqui nos comentários.

O que acharam? Alguém já escalou a Grouse Mountain?

Van and I

por

Oi, pessoal! Hoje, quinta-feira, já faz 11 dias que cheguei em Vancouver! O tempo passa voando. E a rotina começa a se ajustar por aqui. Minha aula começa às 8h30 mas como minha homestay fica a quase uma hora da minha escola preciso acordar bem cedo! Meu despertador toca às 6h20 e a partir daí é um dia inteiro pela frente. Com muitas coisas pra ver, experimentar, tentar, descobrir… Viver uma vida diferente por um período pode ser libertador se você quiser. Escolhi me dar a chance de ser eu mesma numa cidade que ninguém sabe quem eu sou. E mesmo assim tá sendo tão legal comigo (:

foto (7)

As pessoas aqui parece que te adotam. É muito bom se sentir acolhida num lugar tão longe de casa. Sinto falta da minha casa, do meu amor, da minha família, é claro. Mas ter uma nova vida num lugar que você pode sair com segurança, que pra onde você olha tem belezas naturais e Starbucks (hahaha) é realmente muuuuito bom!

Lembrei de uma frase que gosto muito. “Você tem que morar no lugar onde possa viver a vida que escolheu”. E é tão isso! Tão bom se encontrar num lugar. Poder se sentir segura. Ver gente de todos os lugares do mundo interagindo. Conhecer outras culturas. Sim, porque aqui em Vancouver a gente não conhece só a cultura canadense. Já conversei com pessoas da Grécia, Itália, Japão, Korea, Colômbia, México, Polônia… Tudo isso em menos de uma semana! Isso é tão incrível, tão rico! Não tem nem como explicar. Por isso gosto tanto de viajar.  A gente sai da nossa zona de conforto e consegue olhar o mundo com outros olhos.

Só tenho a agradecer (;

Beijinhos,

Nati

Trip: Rocky Mountains

por

Gentee! Vocês não imaginam o quanto estou empolgada pra escrever sobre essa trip pra vocês! Quem me acompanha no instagram (segue lá, é @natigrazziotin) viu as fotos dos lugares incríveis por onde passei nesse fim de semana. Aqui em Vancouver era feriado segunda, então aproveitamos o long weekend pra viajar até as Rocky Mountains, que fica na província de Alberta, no Canadá.

IMG_7065 IMG_7233IMG_7063

Saímos de Vancouver na sexta, dia do meu aniversário (\o/), e fomos em direção a Kamloops. Lá, fizemos uma pequena parada pra esticar as pernas e comer um lanchinho. Na estrada já dava pra ver as lindas montanhas que se aproximavam. É uma viagem linda de se fazer de carro, mas tem que ter disposição pra dirigir já que são mais de 800km até Banff.

IMG_7048

Kamloops

No primeiro dia viajamos quase o dia inteiro e dormimos em Ravelstoke. Sábado pegamos cedo a estrada rumo a Banff. Conforme íamos passamos por lugares interessantes, íamos parando… Passamos pelo Kicking Horse River, pelo famoso Lake Louise e Moraine Lake. Gente, a cor da água desses lagos é uma coisa sensacional. Pelas fotos você não acredita! Mas as cores são de um azul esmeralda impressionante! Difícil escolher um, mas se tivesse que escolher, o preferido seria o Moraine Lake! Lá fizemos canoagem! Foi tão legal (;

IMG_7119

Kicking Horse River

IMG_7159 IMG_7185 IMG_7173

Lake Louise

IMG_7294 IMG_7242 IMG_7238 IMG_7263 IMG_7272 IMG_7288 IMG_7246

Moraine Lake

Pena que as paradas eram tão rápidas! A minha vontade era ficar ali, admirando aquela beleza, por um bom tempo. No segundo dia dormimos em Banff, que é uma gracinha de cidade. Acredito que pra quem tem tempo é uma boa ficar pelo menos dois dias por lá. Tem muita coisa pra fazer!

No domingo acordamos cedinho e fomos andar de gôndola no Banff National Park. Uma delícia de passeio. Lá de cima você tem a dimensão do tamanho das montanhas e pode admirar a beleza da natureza. No caminho pra Jasper passamos conhecemos o Bow Lake e Peyto Lake. Ambos incríveis, com aquela cor esmeralda que você não acredita (;

IMG_7405 IMG_7416 IMG_7419 IMG_7395

Passeio de gôndola no Banff National Park

IMG_7493

IMG_7495 IMG_7522

Bow Lake

IMG_7540

IMG_7549

Peyto Lake

Já no Jasper National Park paramos no Icefield Centre pra visitar o Columbia Icefield. Trata-se de um dos maiores campos de gelo e neve abaixo do círculo polar ártico. Ali há vários glaciares e geleiras, que por causa do aquecimento global, estão com os dias contados. Um ônibus normal te leva até um ponto da montanha onde outro ônibus, especial e com rodas enormes, te leva até a geleira. A sensação de estar sobre o gelo é muito bacana!

IMG_7601 IMG_7634 IMG_7652 IMG_7674 IMG_7682

Columbia Icefield 

Ahh! Não posso terminar esse post sem antes contar que conforme você vai passando por esses parques nacionais a probalidade de você encontrar animais silvestres é grande. Que tal se deparar com veados e ursos (isso mesmo, URSOS!) se alimentando na beira da estrada? Sério, é muito, mas muito legal!

IMG_7095 IMG_7723

Na nossa última noite tivemos um campfire com direito a fogueira e marshmallows! Me senti num american movie (: Pra quem está vindo pro Canadá esse é um passeio que ninguém pode deixar de fazer! Amei tanto!

Domingo fechou a minha primeira semana aqui em Vancouver e já fiz taaanta coisa! Aos poucos vou atualizando vocês por aqui, ok? 

Gostaram do diário? 

Créditos a Nathi Ferrão que também tirou muitas fotos aqui pra gente (:

Diário de Intercâmbio: Meus primeiros dias em Vancouver!

por

Hiiii guys! Eu nem acredito que estou aqui, sentadinha na minha mesa de estudos em Vancouver (!), postando pra vocês! Preciso contar tanta, mas tanta coisa que nem sei por onde começar.

Bom, primeiro preciso dizer que tô bem feliz (: É um tanto estranho essa mudança toda, mas está sendo TÃO bacana que não posso reclamar de nada! Tava doidinha pra atualizar vocês por aqui, mas esqueci de trazer o plug certo do carregador do meu notebook (as tomadas são diferentes do Brasil), então precisei comprar um novo. Fui na Apple hoje and problem solved!

Cheguei domingo passado e parece que estou aqui há 1 mês, de tanta coisa que já aconteceu! Tudo é novidade. A casa, o transporte, a escola, a língua, a cidade… Então imaginem o estado que está minha cabeça, processando tudo isso!

foto 1

Essa é a vista do avião um pouco antes de chegar em Vancouver. Linda, hein?

Minha host family é muito bacana. A casa é linda e acolhedora. O único problema é a distância da escola. Pego o ônibus às 7h da manhã e chego lá 7h50 ): Mas a vista compensa. Estou em West Vancouver que é uma zona residencial com casas lindas. Fico bem boba no ônibus admirando tudo!

foto 2

Verão merece um sorvete, não merece?

Segunda foi meu primeiro dia de aula. O dia do teste de nivelamento. Primeiro tem o teste de speaking depois de gramática e escrita. Depois dos testes fomos conhecer todos os prédios da nossa escola. As aulas não são sempre no mesmo prédio, entendem? Eu, por exemplo, tenho a minha aula principal (main class) num prédio e a eletiva, que é na terça e quinta, num outro prédio.

As aulas começaram na terça. Peguei meu bus com a ajuda de um casal de tchecos muito queridos que estão morando comigo. Eles me explicaram como chegar e me levaram na porta do prédio. Bem que me falaram que sempre aparecem um anjos pra nos ajudar. A mais pura verdade!

foto 3 foto 5 foto 10foto 6

foto 8 foto 9

Ainda não consegui ir à English Bay e ao Stanley Park, tô ansiosa! Acho que amanhã, quinta, vou ver se consigo dar uma volta por lá. Tantas coisas pra ver. É estranho, porque numa viagem normal a gente tem um tempo certinho e assim programamos o que vamos fazer por dia. Intercâmbio é bem diferente. É uma vida nova por um tempo determinado. A sensação é que eu ganhei uma cidade inteira.

Me contem o que vocês querem saber, ok? Querem um diário ou posts diferentes? 

Diário de intercâmbio: O que vou levar na minha mala de mão

por

Gente, juro que até tentei gravar um vídeo mostrando como montei a minha mala pro intercâmbio, mas foi mais difícil que pensava! Ainda não tenho tripé, então tentei com uma boa e velha pilha de livros… mas aí não conseguia encontrar um cenário que ficasse legal, nem conseguia angular tudo… Enfim, ia ficar um cocô, por isso decidi fotografar mesmo! Vocês me perdoam? (:

Acho que muita gente tem dúvidas (me included!) sobre o que levar na mala de mão, aquela que vai dentro do avião. Por isso fotografei aquilo que vou levar na minha para o intercâmbio. Tô super orgulhosa de mim, consegui organizar – quase – tudo há 3 dias do embarque! Geralmente faço tudo no dia anterior, rs!

Primeiro você precisa saber que a mala de mão não pode ultrapassar 10kg – é sempre bom conferir no site da companhia aérea que você vai viajar, porque o peso pode mudar de companhia pra companhia, ok?

Na mala de mão não é permitido levar líquidos em frascos com mais de 100ml. Os frascos devem ser acondicionados dentro de uma embalagem transparente vedada. Vamos lá!

foto (5)

— Check list —

* Equipamentos eletrônicos: Esses itens não devem ser despachados por motivos óbvios né? Levo meu notebook, carregadores (do computador e do celular), bateria extra para o celular (aquele aparelhinho branco em cima do guia do Canadá).

*Câmeras fotográficas. Essas são um capítulo à parte. Vou levar a Canon T21 e a Canon Power Shot SX260 HS, que é menorzinha e vou levar pra cima e pra baixo. Ia levar a GoPro, mas vou deixar essa com o meu marido que também vai viajar nesse período. Talvez compre outra por lá (:

* Necessaire transparente com lenços demaquilantes pra tirar a maquiagem no avião – e assim viajar limpinha – hidratante facial, lip balm bem hidratante porque no avião os lábios ressecam mesmo, maquiagem básica pra chegar no destino mais digna, escova e creme dental, hidratante para mãos e um colírio pra lubrificar os olhos. Viram que hidratação é a palavra-chave pra se manter digna no voo, né?

* Necessaire com remédios. Pra onde vou, sempre levo a minha farmacinha e numa viagem bem longa como essa é ainda mais importante. Leve todos os remédios controlados que você vai precisar tomar lá.

* Um livro pra distrair. Esse é novo, ainda não comecei. Acho que ainda vou levar outro na mala grande.

* Um tapa-olho. Sempre bom pra dormir melhor.

* Documentos. Passaporte, vistos, bilhetes com as passagens aéreas, seguro viagem, carta de aceitação da escola, endereço que você vai ficar no país, carteira de vacinação (alguns países exigem, para o Canadá não precisa).

* Pretendo comprar um fone de ouvido também. Nada melhor do que colocar uma música boa pra relaxar (;

*1 caneta. Super importante pra preencher os formulários antes de chegar ao país.

*1 muda de roupa. A gente nunca sabe se a nossa mala não vai ser extraviada. E se for, teremos uma muda de roupa (gosto de levar uma camiseta + calcinha + meia)  limpinha pra usar!

E acho que é isso, pessoal! Como falei, a mala não está 100% pronta, mas o essencial está aí! Tem algo que estou esquecendo e vocês gostam de levar?