alemanha

Diário de Viagem: Garmish + Zugspitze

por

O legal de viajar com calma é que a gente tem a oportunidade de conhecer várias facetas de um mesmo lugar. Se em Fussen a gente conheceu castelos, em Garmish-Partenkirchen encontramos uma Alemanha mais natural, com direito a passeio em um belíssimo gorge e uma subida incrível à montanha mais alta do país, Zugspitze. Pra quem, como nós, adora caminhadas ao ar livre e paisagens deslumbrantes, essa região é um prato cheio.

garmish - zugspitze 28

Garmish-Partenkirchen, na verdade, são duas cidades independentes, que se uniram para sediar os Jogos Olímpicos de inverno de 1936. Aliás, pra quem curte esqui e esportes de inverno em geral, a cidade é o lugar para estar. Mas se engana quem pensa que no verão não tem nada pra se ver – e fazer. Além do gorge (The Partnach Gorge) e das montanhas, Zugspitze e Alpspitze, existem inúmeras trilhas de hiking e um centrinho histórico muito charmoso, as pinturas nas casas são impressionantes!

Continue lendo →

Diário de Viagem: Füssen e seus castelos

por

Um dos pontos altos da viagem à Alemanha foi conhecer Füssen e seus castelos. A cidade fica no começo (ou no final, dependendo de onde você começa) da Estrada Romântica. Chegamos na cidade à tardinha, com um tempo um pouco instável, mas mesmo assim foi uma delícia passear pelo seu centrinho, que é um charme só, como a maioria das cidades do sul da Alemanha. Ficamos hospedados no Sonne Füssen, super bem localizado, decoração bonita e moderninha e um café da manhã caprichado! O único porém é o preço, que foi um dos mais caros da viagem.

Processed with VSCOcam with a6 preset

Processed with VSCOcam with a9 preset

Processed with VSCOcam with a6 preset

Processed with VSCOcam with a9 preset
Adoro o clima de cidades do interior. Com a luz da tardinha, então…

No dia seguinte fomos conhecer os castelos. Uma dica é chegar lá bem cedo, porque a fila para comprar os tickets é sempre grande. No “complexo” você pode conhecer 2 castelos: o mais famoso, Neushwanstein, e o mais antigo, Hohenchwangau, além de visitar o museu que conta a história dos reis da Baviera. Como tínhamos tempo, resolvemos ir em todos. É sempre bom conhecer bem a história do lugar onde se está visitando, assim tudo passa a fazer mais sentido, não é?

Processed with VSCOcam with a7 preset
Castelo Hohenchwangau

Continue lendo →

Diário de viagem: Baden Baden, Triberg e Freiburg

por

Continuando os posts da viagem a Alemanha, saímos de Heidelberg pela manhã e fomos em direção a Baden Baden. A cidade é conhecida pelas águas medicinais, usadas desde a época dos romanos e pelo estilo de vida luxuoso. Chegando lá pode-se imaginar porquê. Mansões super luxuosas, cassino, o centrinho repleto de lojas grifadas, e o que falar da maravilhosa Lichtentaler Alle, uma bela “avenida” – que na maioria do percurso é somente para pedestres – super arborizada por carvalhos, magnólias, castanheiras… Algo que nunca tinha visto! O caminho começa na Goetheplatz e segue até a Klosterplatz. Vale muito a pena tirar um tempinho para admirar a beleza do lugar.

Processed with VSCOcam with f1 preset
 a imponência do teatro
Processed with VSCOcam with f1 preset
centrinho de Baden

Processed with VSCOcam with a6 preset

Processed with VSCOcam with f1 preset

Processed with VSCOcam with a5 preset
a beleza do caminho Lichtentaler Alle

Continue lendo →

Diário de Viagem: Heidelberg

por

Ahh, que cidade mais linda! Heidelberg, com certeza, foi um dos lugares mais encantadores que já conheci. Sabe aquela cidade que te deixa inspirada e que a cada esquina você dá um suspiro? Então! Chegamos à noite e foi só deixar as malas no hotel pra gente ir desbravar a cidade. Heidelberg é uma cidade universitária, o que significa muita gente jovem e animada à noite, especialmente no sábado, quando chegamos.

Fomos procurar um lugar pra jantar e não poderíamos ter acertado tanto, logo de cara. O Lucas adora pesquisar no Trip Advisor pra achar restaurantes bacanas, mais insiders e com preço bom. Vocês sabem que a gente é fã de cerveja né? Então a ideia era sempre a mesma, achar um lugar com comida e cervejas boas, claro! O Palmbrau Gasse é aquele lugar movimentado, com clima de bar, mas com uma comidinha deliciosa. Indicamos muito.

Processed with VSCOcam with f1 preset

Ahh, as floreiras da Alemanha…

No primeiro dia inteiro em Heidelberg fomos visitar o castelo, o ponto turístico mais importante da cidade. Pra subir lá você compra um ingresso e sobe por um funicular, mas dá pra subir a pé também. Lá em cima a vista é divina. Aquelas casinhas com telhadinhos marrons, uma lindeza só. Com esse ingresso dá pra visitar a parte externa do castelo e os jardins, mas pra quem quer entrar lá dentro tem que comprar um outro ingresso. Nós decidimos ir e gostamos da visita, como é guiada, ajuda e muito a gente entender a história do lugar.

Processed with VSCOcam with f1 preset

Processed with VSCOcam with f1 preset

Processed with VSCOcam with f1 preset

A vista de cima do castelo

Já lá embaixo, encontramos a ponte antiga (Ante Bruecke), atravessamos e chegamos no caminho chamado Philosophenweg – ou em bom português, caminho dos filósofos. É um passeio gostoso de se fazer se você tem mais tempo na cidade. A vista é bem bonita e a caminhada é relaxante.

Processed with VSCOcam with f1 preset

Processed with VSCOcam with f1 preset

Processed with VSCOcam with f1 preset

Vista da cidade do Philosophenweg

Processed with VSCOcam with f1 preset

Processed with VSCOcam with f1 preset

Centrinho, próximo da catedral

Heidelberg é aquele tipo de cidade pra se descobrir sem pressa, caminhando sem rumo e se perdendo por suas ruazinhas estreitas. Numa dessas, encontramos o restaurante e cervejaria – ah, como eu amo a Alemanha! – Kulturbrauerei. O pé direito altíssimo não tirava o aconchego do lugar. Sentamos numa das mesas coletivas e fomos felizes por algumas horas!

Processed with VSCOcam with f1 preset

Processed with VSCOcam with f1 preset

Parte externa da cervejaria Kulturbrauerei

Na volta pro hotel – tínhamos que pegar um ônibus porque estávamos longe da cidade antiga – tomamos um banho de chuva DAQUELES – fechando com chave de ouro o nosso dia nessa cidade inesquecível.

No próximo post eu falo sobre Baden Baden, Floresta Negra e Freiburg. E se você você perdeu os outros posts sobre a Alemanha clica aqui. 

Espero que tenham gostado :)

Beijos,

Nati

Diário de Viagem: Mainz, Koblenz, Boppard, Bacharach

por

Continuando os posts da viagem ao sul da Alemanha, vamos falar dessas cidadezinhas simpáticas do título. Pegamos nosso carro no aeroporto de Frankfurt ao meio dia e partimos em direção a Mainz. No final do dia dormiríamos em Heidelberg, mas a gente queria ir passeando, conhecendo as cidades menores a beira do rio Reno pelo estrada conhecida como o Caminho dos Castelos – era cada paisagem, cada cidadezinha… de não acreditar!

Processed with VSCOcam with f1 preset

Antes de viajar nós fizemos um roteiro com as cidades que gostaríamos de visitar e os pontos mais importantes em cada uma. Foi muito bom fazer isso, porque a gente não perde tempo pesquisando esses detalhes enquanto estamos viajando. Sabendo antecipadamente o que vamos fazer, conseguimos focar em aproveitar o passeio e os estresses são menores – acontecem, mas são bem menos frequentes (;

Mainz é uma cidade universitária a beira do rio Reno que fica a 44 km de Frankfurt, perfeita pra quem quer fazer um bate-volta. Adorei o clima da cidade, bem agitada, apesar de ser pequena. Cidades universitárias têm disso. Chegamos e fomos direto conhecer a catedral de Mainz, uma construção imponente em arenito vermelho, cuja obra se iniciou no ano de 975! Fico sempre chocada com essas datas. Demos sorte que estava tendo feirinha de produtores na praça, adoro essas feirinhas!

Processed with VSCOcam with f2 preset

Processed with VSCOcam with f2 preset

Processed with VSCOcam with f1 preset

Processed with VSCOcam with f2 preset

Outro passeio gostoso de se fazer por lá é caminhar pela AugustinerStrasse, uma ruazinha repleta de casinhas em enxaimel, lojinhas, restaurantes, cafés. Muito delícia passear por ali e tirar muitas fotos.

Processed with VSCOcam with f1 preset

E não posso esquecer de citar que Mainz é a cidade de Gutenberg, o inventor da prensa, que revolucionou a produção de livros no século XV. Graças a essa invenção, os livros, que antes eram reproduzidos a mão, passaram a ser impressos e produzidos de forma mais rápida e barata. Não chegamos a ir no museu, mas pra quem tem mais tempo na cidade fica a dica de um passeio interessante.

Era hora de seguirmos caminho até Koblenz. Em cerca de 50 minutos estávamos chegando na cidade que é conhecida por estar situada na confluência dos rios Reno e Mosel, a famosa Esquina Alemã (Deutsches Eck). Colocamos o endereço no Google Maps e lá fomos nós subir no bondinho que nos leva até a fortaleza Festung Ehrenbreitstein, uma das maiores do mundo. Lá de cima é possível ter uma vista linda da cidade.

Processed with VSCOcam with f2 preset

Processed with VSCOcam with f1 preset

No dia em que fomos estava tendo um festival, foi bem bacana. Depois de visitar a fortaleza por dentro, pegamos uma cervejinha, um crepe com banana e Nutella e ficamos curtindo um tempinho por lá.

Processed with VSCOcam with f1 preset

Conforme o nosso roteiro, seguimos até a simpática Boppard. Bem pequenininha, mas cheia de construções bem antigas. Como chegamos um pouco tarde, a cidade estava meio vazia, o que foi um pouco estranho. Estacionamos o carro bem na praça central, e caminhamos um pouco por ali.

Processed with VSCOcam with f3 preset

Processed with VSCOcam with f1 preset

Processed with VSCOcam with f1 preset

À 20 minutos de Boppard fica Bacharach, mas como estávamos com pressa – precisávamos chegar em Heidelberg pra fazer o check in no hotel – só descemos rapidinho e fizemos umas fotos. Pra quem tiver tempo vale a pena passear pelas ruelinhas estreitas da cidade e até comer um schnitzel em um dos restaurantes.

Processed with VSCOcam with f1 preset

Processed with VSCOcam with f1 preset

Adoraria ter tido mais tempo pra fazer esse caminho e poder ter ficado mais em cada uma das cidadezinhas. É cada surpresa que a gente encontra no caminho… Impressionante a beleza das paisagens que o rio Reno proporciona, e o que falar dos castelos? Chegava a ser engraçado quando a gente começou a olhar pro lado e ver um castelo ali, passava 5 minutos e via mais outro, haha. A gente ficava imaginando como era a vida naquela época… naqueles lugarejos. Um lugar pra ficar guardado na nossa memória pra sempre.

Processed with VSCOcam with f1 preset

E a série de posts sobre a Alemanha continua na semana que vem, com a lindeza de Heidelberg, uma das mais lindas cidades da Alemanha. Até mais!