Sem categoria

Achados da Nati: Cardigã listrado da Marisa

por
Aproveitei o final de semana de folga pra ir no shopping e procurar alguns achados bacanas na Renner e na Marisa pra vocês! É bom aproveitar esta época de troca de estação porque dá pra encontrar muita coisa legal nestas lojas de departamento, e novidades chegam todo dia.

Mas vamos por partes. Fotografei as peças e acessórios que curti e que achei que tinha um preço ok, e vou postando aos poucos, tá legal?

Na Marisa encontrei este carigã listradinho super fofo. Preço: R$59,99.

A malha é bem gostosa e isso é super importante de observar quando vamos comprar nestas lojas mais baratinhas! Pensando bem, é importante observar o tipo de tecido em QUALQUER loja, pra não correr o risco de comprar gato por lebre. E não fique com vergonha de revirar a peça procurando a etiqueta onde estão as informações de tecido. Eu faço isso sempre e fico bem mais tranquila sabendo o que estou comprando de verdade.


Quando vi este cardigã na Marisa, lembrei na hora deste look lindo da Song of Style. Adorei a composição das listras, no caso do cardigã, umas mais finas, outras mais grossinhas, formando um efeito visual super divertido!


No look da blogueira, ela usou um blazer com as listras de tamanhos iguais, em preto e branco, mas a camiseta tem as listras pretas mais fininhas. Essa diferença de tamanho das listras resultou num efeito ótico bem interessante, concordam?

Gostaram da dica?

Achados da Nati: Sleeper de oncinha da Renner

por
Tag nova no blog! Eeeee! Tava pensando numa maneira de mostrar pra vocês meus achados, aquele produto ou serviço bacana e com preço amigo que encontro nas minhas andanças, digno de compartilhar com a melhor amiga, sabe? Aí pensei: porque não fazer uma seção de achados aleatórios aqui no blog?

E para estrear bem a tag Achados da Nati, o sleeper de oncinha da Renner, que vocês já viram aqui, neste look do dia. Foi assim, tava querendo muito um modelo slipper, e se fosse de oncinha e com preço bom, seria perfeito! Já tinha visto que a Schutz tinha um modelo assim, bem como eu queria, mas vocês sabem, a Schutz é ótima (amo), mas não é um exemplo de marca barata.


Aí vi no Futilish que uma leitora encontrou o tal sleeper na Renner. Aproveitei uma passada rápida no shopping e fui lá conferir se tinha o dito. E pra a noooossa minha alegria, tinha! Fiquei bem feliz por que o material era super bom, de couro e com a oncinha de pelinhos, sabe? A tal da oncinha rica. Arrematei por R$99,90. Preço bem digno, né?

Me contem meninas, curtiram a nova tag e a sleeper?

Cap Toes

por
Talvez o nome não seja conhecido da maioria, mas com certeza vocês já viram por aí. Cap toes são aqueles sapatos com a biqueira diferenciada. Pode ser de um material, cor ou textura diferente do restante do sapato, sabe como?


Este detalhe foi criado por – de novo ela – Chanel, nos anos 50. A princípio era utilizado nas famosas sapatilhas bicolores, mas a criatividade não tem limites, e hoje o cap toe está sendo reinventado por marcas atuais, e a gente encontra o detalhe principalmente em scarpins, que voltaram com tudo na moda.


Ele está fazendo tanto sucesso por aí que vem sendo apontado como substituto do peep toe. Será? Bem, o fato é que a biqueira diferente dá um ar todo ladylike pro look, concordam?


Prova de que o cap toe está com tudo e não está prosa são as marcas que estão apostando na tendência. Christian Louboutin criou o Metalipp, com a biqueira metalizada, assim como a Louis Vuitton. Salvatore Ferragamo e Yves Saint Laurent também criaram suas versões em diversas cores.


O legal é que é um sapato versátil, que pode ser usado em situações mais relax (com uma calça jeans toda rasgada e camiseta deve ficar lindo), além de momentos mais glamourosos, (como muitas celebridades estão usando nos red carpets da vida).

E pra nossa sorte, várias marcas nacionais estão com os cap toes nas suas coleções de inverno. Pode reparar nas vitrines por aí!

E aí, aprovado?

Dica de site: Pinterest

por
Acho que todo mundo já teve um mural de cortiça no quarto pra colocar fotos importantes, recados das amigas, papelzinho de bombom, bilhetinho de cinema, essas coisas, né? Pois é, isso foi na época em que o mundo era analógico.


Hoje, na era digital, existe um site que tem a mesma proposta do mural de cortiça! É o Pinterest, já ouviram falar? Muitas imagens que coloco aqui no blog vem deste site, que reúne imagens lindas tipo inspiração.


Funciona assim: você faz uma conta e publica lá no seu perfil as imagens que quiser, é uma pastinha de inspirações virtual, sabe como? Na verdade, é a mesma ideia do tumblr, mas com muito mais charme.


Eu tô sempre por lá, mas ainda não tive coragem de fazer um perfil, cadê o tempo? Mas mesmo sem criar um perfil é bacana pra encher os olhinhos de coisas bonitas. E isso sempre é bom! =D

As padronagens clássicas do inverno

por
Entra inverno, sai inverno e elas estão lá, clássicas. As padronagens típicas do clima frio são várias e até parecidas umas com as outras, por isso às vezes a gente pode se confundir. Pra não errar e aprender de uma vez por todas, o blog retoma suas características e mostra exemplos.

Tudo gira em torno do xadrez, a padronagem clássica do inverno. E quando falamos em estamparia o xadrez chega em diversos formatos e cores.


Tartan
É o xadrez símbolo das famílias tradicionais da Escócia. Era usado em saiotes pelos homens no século XVIII, para identificar os diversos clãs do país. São quadrados de diferentes larguras, grandes ou médias, e a cor tradicional é o vermelho.



Madras
De origem indiana, possui fios coloridos e suaves. É uma padronagem delicada, que se popularizou nos anos 70 e hoje é reproduzida em tafetás, sedas e flanelas.


Vichy
Surgiu na cidade francesa de mesmo nome e ficou famosa depois de ser usada por Brigitte Bardot em seu casamento em 1959. Lembra as tolhas de piquenique com seus quadrados miúdos em tons de preto e branco ou vermelho e branco.


Argyle
Frequentemente encontrado em meias, é formado por losangos e riscos em contrastes de cores. Peças com esta estampa remetem aos estilos geek (nerd) e colegial, podendo ser encontradas em cardigãs, coletes e casaquinhos.


Buffalo
Tipicamente americana, a estampa de lenhadores, chamada de Buffalo Plaid ou xadrez buffalo tem origem remota, no tartan do clã escocês MacGregor, tradicionalmente em preto e vermelho.  Após a imigração deste clã para os Estados Unidos, a padronagem foi difundida e se tornou conhecida no mundo todo, também em outras cores.


Pied-de-poule
Popularizada por Coco Chanel, a padronagem desta estampa lembra um pé de galinha, daí o nome. Frequentemente usada em casacos de lã, fica linda combinada com peças coloridas.

Burberry

A estampa foi criada pela grife inglesa Burberry no século XX, é inspirada no tartan e tem suas cores como marca registrada: bege, vermelho, preto e branco. Aparece nos forros dos tradicionais trench coats da marca.


Príncipe de Gales
Com tramas mais finas, em geral em tons neutros ganhou fama por ser usado pelo príncipe de Gales Eduardo VII, da Inglaterra, no século XIX. É perfeito para roupas de alfaiataria pela predominância de cores sóbrias, como cinza e preto.

Viram só quanta variedade de xadrez? 

Agora basta ver qual é o seu preferido (ou preferidos) e apostar na padronagem neste e em todos os invernos, já que é um clássico! 

O blog adora.