Diário de viagem: Frankfurt

por

E os posts da viagem a Alemanha começam pela primeira cidade que visitamos, Frankfurt! O nosso voo era Porto Alegre-Lisboa | Lisboa-Frankfurt. Aí decidimos dormir duas noites na cidade. Já tinha lido que Frankfurt é uma cidade bastante industrial e que não tinha nada de muito interessante. Mas eu sou daquelas que prefere ver com os próprios olhos. E outra, na faculdade estudei a Escola de Frankfurt e tinha curiosidade de conhecer o lugar que inspirou tantos intelectuais escreverem sobre a Teoria Crítica hehe

Processed with VSCOcam with f1 preset

Muitas bikes e o rio Main, que corta a cidade

Pra falar a verdade, Frankfurt foi a cidade que menos gostei na viagem. Mas não me arrependo de ter conhecido não. A começar pela nossa hospedagem. Ficamos no Das Lindenberg, um hotel super charmoso – pra quem me acompanha no Instagram viu a fofura que era a decoração – e com ótima localização.

Processed with VSCOcam with f1 preset

Sala de estar do Das Lindenberg, cute!

Na primeira noite fomos desbravar os arredores do hotel, pertinho das margens do rio Main. Chegamos numa quinta-feira e tinha uma galera nas margens do rio bebendo, tanto nas mesas coletivas – clássicas na Alemanha – quanto em toalhas no chão. O clima era muito bom! E o engraçado era que por mais que fosse uma “festinha” não tinha música! A gente não sabe se é proibido, pra não atrapalhar a vizinhança. Mas foi bem interessante de observar.

Processed with VSCOcam with f1 preset

Saimos dali e fomos caminhando até o restaurante/pub Klosterhof. Sentamos no biergarten, que é um lugar ao ar livre que o pessoal vai pra tomar cerveja e comer comidas típicas. Excelente lugar pra sentir o estilo alemão de viver a vida.

No dia seguinte tínhamos o dia todo pra bater perna. E escolhemos fazer tudo a pé mesmo! A cidade é plana, o que é muito bom pra caminhar. Fomos até o centro comprar um chip pro celular do Lucas – que precisava por uma questão de localização mesmo, já que depois alugamos um carro que não tinha GPS. E fomos até a parte antiga de Frankfurt, conhecida como Romer. E ali começou o meu amor pelas casinhas em arquitetura enxaimel, coisa mais querida.

Processed with VSCOcam with f1 preset

Processed with VSCOcam with f1 preset

Processed with VSCOcam with f1 preset

Sentamos em um dos restaurantes da praça, pedimos uma salsicha branca que era servida com pretzel, mostarda doce e chucrute e fomos felizes (:

À tarde fomos caminhando até o Palmen Garten, o jardim botânico da cidade. No caminho encontramos um mercado lindo – o Frankfurter Kleinmarkthalle – e claro que entramos pra conferir. Uma dica é sempre, eu disse SEMPRE, conhecer os mercados das cidades que se visita. É uma ótima forma de ver as comidas típicas, as frutas, as flores da região e também os preços. Sem falar nos costumes dos locais. Eu adoro! O local é super antigo, de 1890, e tem diversos produtos. Se não for comprar nada, pelo menos sairá com ótimas fotos.

Processed with VSCOcam with f1 preset

Processed with VSCOcam with f1 preset

Processed with VSCOcam with f1 preset

Processed with VSCOcam with f1 preset

Processed with VSCOcam with f1 preset

Já no Palmen Garten, vale passear por todo o parque. No dia que fomos estava super quente, então era legal ver as crianças brincarem nos parquinhos com água – e a vontade era de me juntar a elas, hehe. Fiquei boba com as flores, lindas lindas.

Processed with VSCOcam with f1 preset

Processed with VSCOcam with f1 preset

Processed with VSCOcam with f1 preset

Processed with VSCOcam with f1 preset

Na volta, passamos na praça onde fica a Antiga Ópera de Frankfurt, considerada uma das melhores casas de ópera da Europa. Um belo prédio de 1880 e que foi destruído na Segunda Guerra Mundial. Aliás, é impressionante ver tantos prédios históricos que foram destruídos e hoje estão ali, super bem preservados.

Processed with VSCOcam with f1 preset

Processed with VSCOcam with f1 preset

Processed with VSCOcam with f1 preset

Falei que tava calor? Não resisti e entrei na fonte, pelo menos pra molhar os pezitos (;

Àquela hora já estávamos com fome e pedimos indicação pra um alemão, que falava português, que conhecemos bebendo cerveja numa naquelas mesas comunitárias que falei antes. Tão legal! Ele nos recomendou um restaurante bem tradicional que fica numa região bem antiga da cidade, Alt Sachsenhausen, do outro lado do rio. Lá fomos nós! O lugar se chama Apfelwein Fichtekranzi e tem uma área externa super concorrida e pratos típicos.

Processed with VSCOcam with f1 preset

Processed with VSCOcam with f1 preset

Processed with VSCOcam with f1 preset

Depois da bomba calórica, fomos passear pela região. O sol já estava indo embora, deixando a luz da cidade ainda mais bonita.

Processed with VSCOcam with f1 preset

Processed with VSCOcam with f1 preset

Fomos dormir já que no outro dia tínhamos que buscar o carro no aeroporto e partir pra Mainz, assunto do próximo post.

O que mais vocês gostam nos posts de viagem? Me contem nos comentários (:

comentário(s) via facebook

4 comentários

  1. Carmela

    Nati, que amor esse post.
    Estou encantada com as flores e frutas. Belíssimas. Parece mentira, de tanto que brilham.
    Beijinho

    Responder
    1. Nati Grazziotin

      Brigada, Carmela! São lindas mesmo, de não acreditar que são de verdade.
      Beijos querida

      Responder
  2. EIDINEA

    TUUUDOOO LINDO , AMEI!!!

    Responder
    1. Nati Grazziotin

      Fiquei apaixonada pela Alemanha, tia Neia! Que país incrível 😉

      Responder

Deixe seu comentário