julho 2015

Papo de mãe: Sabe de nada inocente!

por

Oi gente! A coluna Papo de mãe deste mês traz as descobertas de uma mãe nos primeiros dias – e meses! – com o bebê em casa. Emocionante ver que quando uma criança nasce, nasce também uma mãe – que apesar do instinto, muitas vezes de sente perdida e com dúvidas. Adorei o relato da Verônica. Espero que ajude a acalmar o coração de todas as mamães.

Processed with VSCOcam with f2 preset

João Henrique, calminho, com 18 dias

Quando engravidei um amigo me disse, enquanto eu estava fazendo mil planos pra quando o João Henrique tivesse uns dois ou três meses, “Sabe de nada Inocente”. Fiquei pensando, o que ele sabe sobre ser mãe? Nada! Mas ele estava totalmente certo! Eu não sabia nada mesmo, pobre inocente! E nos primeiros três meses eu só lembrava do André me dizendo “Sabe de nada inocente”, e aquilo virou um mantra.

Eu não sabia que amamentar doía, meu seio rachou, eita dor viu. Imaginava sempre aquele momento sublime que lia nos textos e na troca de amor e cumplicidade. Mas o meu início foi beeeeeeeem difícil. Juro que vinha a dor em primeiro lugar. A notícia boa é que foi apenas o começo, e o amor, a troca e cumplicidade vieram depois que o seio cicatrizou. Dica meninas, façam banho de luz no seio para eles não racharem!

Eu não sabia que roupa seria um artigo de luxo, e que qualquer pijama, ou até mesmo o robe seria o meu modelo preferido por um bom tempo. Afinal, o meu programa era amamentar, trocar fralda, fazer arrotar e nesse entremeio entre uma mamada e um arroto poderia vir um vômito, e ai adeus aquela roupa linda. Ou então a melhor blusa era a blusa que não tinha leite azedo. Juro que eu lia isso nos textos e pensava, que mulheres relaxadas! Relaxadas, nada, sabe de nada inocente!

Eu não sabia que falar de coco, vômito, catarro, seriam meus assuntos preferidos.

Eu não sabia que limpar um coco bem feito e analisar minuciosamente aquilo me deixaria feliz. Virei especialista em coco.

Eu não sabia que uma simples ida ao mercado me deixaria eu me sentir tão adulta e me faria colocar salto, maquiagem e até passar perfume.

Eu não sabia que eu me sentiria culpada por querer dormir mais um pouco.

Eu não sabia que cada descoberta do meu filho era um descoberta minha também.

Eu não sabia que cada febre nele, era febre em mim.

Eu não sabia o quanto era importante o círculo de ajuda. Aquela rede de apoio que as nossas avós faziam quando um bebê nascia.

Eu não sabia que o puerpério é um período suuuuuuuuuper barra pesada, e a mãe precisa de ajuda, apoio, amparo, carinho e a única coisa que a mãe não precisa é de julgamento.

Eu não sabia que eu me sentiria uma mulher realizada e, de verdade, não lembro como era antes.

Eu sabia que me falavam várias coisas, mas que só passando por cada processo e cada etapa para acreditar.

Bem quentinha de blanket scarf + 3 dicas de como usar

por

Se tem uma peça que estou apaixonada desde que comprei, lááá em Vancouver quando o outono começou a dar os primeiros sinais, e estou usando muito por aqui nos meus looks de inverno é o blanket scarf. Sabe aquele cachecol grandão e super quentinho? Bingo!

A peça é coringa e hit, especialmente em cliques de street style, viu? Garante uma vibe bem cool e despretensiosa. Quer ver como usar? O blog selecionou várias inspirações pra gente. Olha só.

Processed with VSCOcam with a6 preset

blanket scarf 11

Processed with VSCOcam with f2 preset

blanket scarf 12

1. Enrole despretensiosamente no pescoço e sob os ombros. A regra aqui é não ter regras!

2. Escolha um modelo de cor neutra, assim fica mais fácil de combinar com os looks mais variados.

3. Prenda o cabelo num coque ou rabo de cavalo bagunçado. Se for deixar o cabelo solto, deixe uma parte pra dentro. Para o visual ficar ainda mais cool, não esqueça o óculos escuros. 

blanketscarf1

blanketscarf

Gostam desse estilo, meninas? 

**Encontrei o meu na Zara. Tem vários modelos bem fofos por lá 😉

Casa Gaia: Glam

por

Um dos vestidos mais lindos que já postei aqui. Esse Renata Campos é uma obra-prima! Com renda e bordados para aquelas ocasiões que merecem atenção especial. Aproveitem que a Casa Gaia está toda em sale gente :)

natigrazziotin - casa gaia - renatacampos 6 natigrazziotin - casa gaia - renatacampos  4 natigrazziotin - casa gaia - renatacampos 1 natigrazziotin - casa gaia - renatacampos 5 natigrazziotin - casa gaia - renatacampos  3 natigrazziotin - casa gaia - renatacampos 2Vestido lindo, hein?

Casa Gaia | Capitão Eleutério, em frente ao Manno Escobar Cabeleireiros | Passo Fundo | Telefone: 54 3622-6188

Make e hair: Manno Escobar Cabeleireiros

Fotos: Guto Escobar

SuCasa: Esculturas

por

Oi! Mais um post SuCasa pra gente se inspirar a deixar a nossa casa ainda mais bonita e com a nossa cara. Dessa vez fotografamos esculturas, que tem o poder de impactar e muito um ambiente. Fiquei apaixonada pelas peças com bicicleta. Vejam só quantas opções bacanas.

sucasa - mocafresca - esculturassucasa - mocafresca - esculturas 15 sucasa - mocafresca - esculturas 12 sucasa - mocafresca - esculturas 6 sucasa - mocafresca - esculturas 7 sucasa - mocafresca - esculturas 4 sucasa - mocafresca - esculturas 5 sucasa - mocafresca - esculturas 13 sucasa - mocafresca - esculturas 3 sucasa - mocafresca - esculturas 10 sucasa - mocafresca - esculturas 8 sucasa - mocafresca - esculturas 9 sucasa - mocafresca - esculturas 1 sucasa - mocafresca - esculturas2Gostaram?

SuCasa | Rua Independência, 640 | Passo Fundo | Telefone: 54 3313-8976

6 coisas que adoro fazer no inverno

por

Toda estação tem o seu charme. O ideal é a gente saber enxergar o que cada clima tem de bom, não é? Pensando nisso, decidi pensar em 6 coisas que amo fazer no inverno. Porque apesar de não ser a estação mais fácil – oi, umidade! – o clima mais friozinho garante momentos super gostosos e aconchegantes. Confere a minha lista e não deixe de pensar naquilo que você mais curte fazer quando a temperatura começa a cair.

6coisas - inverno 4

1. Tomar café da manhã de roupão fofinho. Tá certo que na correria do dia-a-dia isso não é possível. Mas no fim de semana sim! Aproveite o domingo de manhã pra acordar, colocar aquele roupão quentinho e sentar à mesa para um café da manhã bem gostoso.

2. Ficar em casa assistindo filme embaixo do edredom. Pra mim, uma das melhores coisas do inverno! Amo assistir filme, no friozinho bem aconchegada no edredom então… Mas perfeito ainda com o maridinho fazendo companhia :)

6coisas - inverno 5

3. Tomar chá. Sou tea lover total né gente. Quem me acompanha no Instagram sabe bem. Pra mim todo o ritual de beber chá é muito relaxante. Experimentar novos sabores, colocar a água pra esquentar. Esperar esfriar. Humm, vou ali beber um chazinho e já volto 😉

6coisas - inverno 3

4. Tomar banho e colocar pijama. É, deu pra perceber que as melhores coisas pra se fazer no inverno tem a ver com a casa da gente. Deve ser por isso que aprendi a gostar do frio. Amo ficar em casa. Amo a minha casa. Tomar um banho quentinho e colocar um pijama no final do dia é uma sensação muito gostosa.

5. Curtir um dia de sol. Dias de sol no inverno devem ser super aproveitados. Adoro colocar o rosto no sol, sentir o calor… Além de ser super gostoso é bom pra aumentar o nível de vitamina D, hihi.

6coisas - inverno 6

6. Colocar meia-calça. Acho lindo looks com meia-calça. E no inverno é hora de montar produções bem criativas e charmosas com elas. Uma boa meia fio 40 é a mais versátil. Tenha pelo menos 2 no armário!

6coisas - inverno 1

Claro que existem outras coisas gostosas de se fazer no frio – beber um vinho, comer foundue, ler um livro – mas estas são as minhas preferidas. E vocês, o que curtem fazer no inverno?