Diário de Intercâmbio: Indo comigo pra escola e um recadinho

por

Oi, pessoal! Sexta-feira gravei um vídeo mostrando um pouco do caminho que faço pra ir e voltar da minha escola em Vancouver. Mostrei também como é a minha sala de aula e contei como funciona minha escola, a ILac.

Antes de vir pra cá tinha muuuuita curiosidade em saber como funcionava um intercâmbio, por isso acho legal fazer vídeos como esse, desmistificando as coisas. Como contei em outro vídeo (Porque resolvi fazer intercâmbio) nunca imaginei que teria coragem de viver essa experiência um dia. E aqui estou. Bem feliz com a minha decisão.

As coisas são mais simples do que a nossa cabeça imagina. A escola é uma escola como qualquer outra, com suas salas de aula, quadro-negros (que não são negros) e professores que fazem de tudo pra gente aprender. Antes de vir ficava pirando, imaginando tudo! Os colegas estão ali pra aprender também, como você. Ninguém é melhor do que ninguém. E quem sabe mais ajuda o outro no que precisar.

A convivência com pessoas de todas as partes do mundo deixa tudo mais vivo, mais intenso e interessante. Quando iria imaginar que um dia passaria uma tarde de sábado com uma brasileira, uma italiana, uma chilena, uma japonesa e uma alemã? Praticamente uma reunião da ONU, gente!! Nunquinha pensaria que viveria essa experiência! Só tenho a agradecer por ter escolhido viver isso. Tá sendo tão enriquecedor pra mim. E olha, quem tá pensando em fazer, não pense duas vezes, não! Faça, faça, faça. Tenha certeza que não vai se arrepender.

IMG_8087

Me and the girls from all over the world!

Muitas vezes eu pensava: – Três meses é muito tempo longe de casa! Não vou aguentar de saudade! Tenho sim, muitas saudades. Mas é totalmente suportável. Quando bate aquela vontade de abraçar os pais, de conversar com a irmã, de dormir abraçadinha no marido, é só pensar que logo logo tudo isso vai acabar. Que sua vida tá lá, esperando por você. E é aí que fico com mais vontade de aproveitar tudo isso. De sugar tudo que for possível. Porque um dia vou sentir saudades daqui (: E quero ter certeza que fiz tudo o que poderia pra aproveitar ao máximo.

Já falei demais. Apertem o play!

E agora me contem! Quem já viveu isso, seja através de um intercâmbio ou o que quer que seja, foi pra vocês?

comentário(s) via facebook

Deixe seu comentário