maio 2014

Sobre ser sensível

por

É sexta-feira a noite e cá estou eu, de frente pro computador pensando se devo ou não começar a escrever sobre um assunto que gosto muito, a tal sensibilidade. A verdade é que já estou escrevendo, porque escrever me acalma, me deixa no foco.

sentir2

Bom, tivemos uma aula no Fashion Inc da Perestroika que foi como uma terapia coletiva pra nossa turma. Isso porque Julinha Duarte – publicitária, poeta, ilustradora e uma querida – falou tudo o que entende por sensibilidade, o que é e o que engloba ser sensível.

A aula me tocou bastante, talvez por eu ser uma pessoa que vive muito no mundo de dentro, seja da cabeça, seja do coração. Julia falou sobre empatia e me fez entender que ser sensível não quer dizer chorar por nada, mas sim ter a capacidade de se colocar no lugar do outro.

Se eu me colocar no lugar do outro vou ceder o lugar na fila do supermercado quando vejo que o carinha de trás tem só 3 itens pra passar no caixa. Se eu me colocar no lugar do outro vou colocar o meu lixo na lixeira na praça de alimentação do shopping quando eu acabo de comer o meu lanche. Se eu me colocar no lugar do outro vou ser mais gentil. Se eu me colocar no lugar do outro vou ser mais educado. Quer dizer, se eu me colocar no lugar do outro vou ser mais sensível às coisas simples da vida que fazem sim muita diferença. Com toda essa conversa a Julia nos fez entender que sensibilidade pauta educação. Tão simples e tão verdadeiro.

sentir3

Mas a sensibilidade tem que ser o nosso super poder e não a nossa criptonita. Com essa analogia a gente conversou sobre fazer do ser sensível uma vantagem. De saber olhar pra dentro, ver o que está sentindo e mudar o que tiver que mudar. Tudo pra se manter mais perto de si. A gente tem que encontrar a nossa verdade e aí, se aceitar.

Um exercício pra se conhecer melhor e ver o que precisa mudar é pensar o que a gente mais odeia sentir. Tendo isso em mente é mais fácil encontrar maneiras de lutar contra esse sentimento ruim. Mas pra enfrentar esses sentimentos, pra sentir afinal, é preciso coragem. Ainda mais nesse mundo em que sentir não é tão valorizado.

No final da aula a gente queimou esses sentimentos ruins, sentimentos que odiamos sentir. Que a gente tenha a clareza de que sentir só faz a gente melhor, estando de bem com a gente é muito mais fácil ser melhor com os outros. E cá entre nós, o mundo precisa de mais pessoas de bem com o mundo. Quem concorda?

Look Casa Gaia: Green

por

Meninas, preparem-se que o look Casa Gaia dessa semana está uma lindeza só! Novamente resolvi apostar no conjuntinho, mas dessa vez de uma maneira diferente, com calça e blusa.

Quando vi essa blusa da Faven com modelagem de moletom me encantei! Podem apostar sem medo nessa pegada esportiva viu? O moletom deluxe está bombando por aí. A calça da mesma família veste super bem, além da modelagem flare que deixa a silhueta linda.

DCH_7117 DCH_7097 DCH_7119DCH_7131 DCH_7134 DCH_7096 DCH_7137DCH_7116

Blusa e calça: Faven | Sapato: Cavage

Gostaram, meninas?

Casa Gaia | Capitão Eleutério, em frente ao Manno Escobar Cabeleireiros | Passo Fundo | Telefone: 54 3622-6188

Fotos: Diego Chagas

Leituras do mês: Abril 2014

por

Oi, gente! O mês de abril foi mais animado nas minhas leituras. Li dois livros: Extraordinário, de R.J. Palácio e O segredo do meu marido, de Liane Moriarty. Vou falar separadamente de cada um deles, mas já adianto que curti os dois :)

Extraordinário é um livro cativante que conta a história de August, um menino de 10 anos que nasceu com uma síndrome genética. Essa síndrome resultou em uma séria deformidade facial, que o faz ser diferente dos outros meninos de 10 anos. O livro enfoca o ponto de vista de August e de outros personagens, como sua irmã e amigos da escola. 

IMG_6093

É uma história que aborda diversos aspectos do preconceito e da amizade e nos faz refletir sobre os padrões impostos pela nossa sociedade. Impossível não se apaixonar por Auggie, esse menino que só quer ser mais um na multidão!

IMG_6094

Extraordinário

R.J. Palacio – Editora Intrínseca

O segredo do meu marido, da australiana Liane Moriarty, foi o meu livro preferido do ano até agora. As quase 400 páginas fluem rapidinho. O ritmo da narrativa faz com que a gente entre rapidamente em sintonia com os personagens super factíveis da história. Tudo começa quando Cecilia, esposa dedicada e mãe de 3 adoráveis meninas encontra um envelope endereçado a ela escrito por seu marido com a seguinte indicação: “Para minha esposa, Cecilia Fitzpatrick. Para ser aberto apenas na ocasião da minha morte”. Acontece que seu marido está vivinho da silva! 

IMG_6088

A partir desse momento Cecilia entra na questão se deve ou não abrir a carta. Logo a autora nos apresenta a outros personagens, que até então não se conhecem: Tess, uma ativa publicitária, mãe do garotinho Liam, casada com Will e prima de Felicity, sua melhor amiga e Rachel, viúva e avó de Jacob de 2 anos que é sua maior felicidade. 

IMG_6084 IMG_6083

Com o passar das páginas as histórias vão se entrelaçando e o segredo do marido de Cecilia pode repercutir na vida de todas elas. O livro te envolve até o fim. Depois da revelação do segredo, que acontece um pouco antes da metade do livro, a história ganha ainda mais vida. É uma narrativa crível, que por muitas vezes me deixou com lágrimas nos olhos <3

Neste vídeo a autora australiana fala sobre o livro.

O segredo do meu marido

Liane Moriarty – Editora Intrínseca

É isso, pessoal! Já vou adiantando o livro que estou lendo no momento. É a estreia literária de Lauren Graham, a eterna Lorelai de Gilmore Girls, quem assistia? Eu amava. O livro se chama Quem sabe um dia e tô gostando bastante, inclusive é best seller no NY Times… Em breve no post das minhas leitura de maio. Estão gostando das dicas de livros por aqui?

Beijos!

Morana: Minhas escolhas da semana | Especial dia das mães

por

Hoje o post com as minhas escolhas da semana vem como sugestão de presentes para a mamães! Afinal, um bom acessório sempre agrada certo? E tem opções para todos os estilos, das mais românticas e delicadas às mais ousadas e irreverentes. A minha mãe por exemplo gosta tanto de peças delicadas quanto de maxicolares e sempre encontro peças que combinam com ela por lá.

Adorei a novidade das headbands, na foto não apareceu muito bem, mas o efeito que dá no cabelo é bem lindo! Os colares longos continuam na minha lista de preferidos, adoro o ar descolado que eles dão ao look. O com tassel preto tá um luxo! Vejam só.

IMG_0002 IMG_0004 IMG_0020 IMG_0009 IMG_0062 IMG_0057 IMG_0024 IMG_0029 IMG_0032 IMG_0041 IMG_0038

O que acharam, meninas? Muita coisa linda, né?

Morana Passo Fundo | Segundo andar do Bella Città Shopping Center | Telefone: 54 3046-0406

SuCasa: Dicas de presentes para as mães

por

Olá gente! Mais uma semana começando! Já pensaram que domingo que vem é dia das mães? Pensando nelas, fotografei ideias de presentes na SuCasa pra vocês se inspirarem.

IMG_5969 IMG_5967 IMG_5971 IMG_5996 IMG_6002 IMG_6006 IMG_5992 IMG_5991

Perceberam como palavras como LOVE e PAZ andam fazendo sucesso na decoração? Acho incrível o efeito que essas palavras dão a um ambiente, deixam tudo mais cool e autêntico. Outra ótima dica de presente são as moringas, são itens fofos e super úteis.

IMG_5999 IMG_5980 IMG_5981 IMG_5976 IMG_6007 IMG_6013

Essas bicicletas não são a coisa mais querida? Um objeto super criativo que fica lindo numa estante, no escritório, no quarto… E o que falar desse conjunto de taças de cristal? Um ótimo presente para aquela mãe que tem tudo e ama uma mesa bem arrumada!

Gostaram das dicas gente? Quero ver todo mundo arrasando no presente para as mamães, hein? 

Afinal, elas merecem :)

SuCasa | Rua Independência, 640 | Passo Fundo | Telefone: 54 3313-8976 | A SuCasa envia seus produtos para todo o Brasil

Subir
Moça Fresca - Porque a vida sem frescura, não teria graça! © 2015