Diário de Viagem: York

por

Oi, gente! Como estão? Não sei se foi o friozão que anda fazendo, mas o fato é que andei resfriada a semana toda, e hoje parece que piorei! Ficar doente me deixa bem desanimada, a vontade de fazer qualquer coisa desaparece, sabe? De qualquer forma me programei hoje para escrever como foram nossos dias em York, na Inglaterra, então aqui estou!

IMG_0588

IMG_0644

Dormimos duas noites em York, o que foi bom pra conhecer, mas não para se aprofundar muito, sabe? Aconselho ficar pelo menos mais uma noite para aproveitar bem. A cidade é encantadora e com bastante gente jovem, o que deixa o lugar com um clima muito gostoso. York é toda murada e tem arquitetura em estilo Tudor, que remete ao fim da era medieval. Este estilo também é visto nas cidades de Oxford e Cambridge. York é suuuuper antiga. Tem 2 mil anos de história, já foi capital do império romano, dos vikings e da Inglaterra.

IMG_0657 IMG_0662 IMG_0663

Um dos passeios imperdíveis de se fazer por lá é caminhar ao longo dos muros da cidade. Você sobe em um dos acessos e caminha numa espécie de calçadinha que percorre todo o muro. É uma delícia ir conhecendo a cidade lá de cima. Quando chegar perto da York Minster, a principal catedral da cidade, se prepare para querer tirar muuuitas fotos. A vista é realmente linda e a catedral deslumbrante.

IMG_0730 IMG_0594 IMG_0580

Outro passeio é entrar na catedral, mas nós decidimos não entrar e admirá-la só por fora. Ela é enooorme, incrível olhar pra cima e ver tantos detalhes… Dali, é bacana se perder pelas ruelinhas até encontrar um conjunto de ruas chamado The Shambles, um dos locais mais famosos e procurados da cidade. É muito legal caminhar por ali. As ruas são estreitinhas, as casas em estilo Tudor, com vigas de madeira aparente, sabem? Parece que você está caminhando num cenário de filme.

IMG_0597 IMG_0602

IMG_0711 IMG_0627

Lá, procure um pub chamado Trembling Madness. Muito bizarro, com cabeças de animais empalhados na parede, mas boa cerveja. Embaixo tem uma lojinha onde é possível comprar vários rótulos de cerveja de diversos países (inclusive do Brasil!) e copos, muitos copos. O Lucas queria ficar horas ali. Neste dia, nós jantamos no Jamie’s Italian. O restaurante, como sempre, é muito charmoso. Mas a comida deixou um pouco a desejar… Fazia poucos meses que eles tinham aberto, talvez por isso estavam meio perdidos 😉

IMG_0636 IMG_0608 IMG_0617 IMG_0621

Outro programa para se fazer em York é visitar o York Castle Museum. Muito bacana até pra quem não curte muito um museu. A ideia lá é contar a história da Inglaterra através da vida cotidiana de seus habitantes. É conhecido por ter uma reconstrução de uma típica rua da era vitoriana, com lojinhas, docerias, açougues, tudo em tamanho real. Em outra ala você pode explorar a cultura e a moda da década de 60. Por fim, você conhece a prisão do castelo, que abrigou diversos prisioneiros durante muitos anos.  Vale muito a visita.

IMG_0671 IMG_0698

Fomos também no Museu de York, que fica dentro do Jardim Botânico da cidade. O que mais gostei lá foi assistir o vídeo sobre a história de York, desde quando eram dominados pelos romanos, depois pelos vikings… Entender a história do lugar que estou visitando é muito envolvente pra mim. Mas o ponto alto do Jardim Botânico são as ruínas da abadia de Santa Maria, que fica num gramado lindo.

Agora, querem uma dica quente de onde se hospedar? Reserve sem medo o The Lawrence. Tudo muito querido, limpinho, novinho, charmoso. Indico muito! A vontade era ficar lá, aproveitando cada cantinho. E o preço não era nada além da média, sabe? Excelente custo benefício. Olhem só.

IMG_0567 IMG_0566 IMG_0562 IMG_0559 IMG_0555

Gracinha, não?

É isso, gente! Adorei contar como foram nossos dias em York. Espero que vocês tenham gostado!

Beijinhos,

Nati

comentário(s) via facebook

5 comentários

  1. Raisla

    Nati, o que é ali “Fashion & Style”?
    p.s.: amei o primeiro look 😉 beijos

    Responder
    1. Nati

      Raisla, era uma exposição dentro do Museu do Castelo que mostrava um pouco da moda dos anos 60, aí tinha a Twiggy, que foi a modelo símbolo da década, algumas peças de estilistas como Courreges… Pequenininho, mas interessante. Beijos

      Responder
  2. Fran Agnoletto

    Nati,

    Lindas as fotos de York. Nós nõa conseguimos ir até lá, pois nosso tempo foi curto demais para tudo o que pretendíamos fazer.
    Com certeza, fica pra próxima!!

    Responder
    1. Nati

      Oi Fran! Que pena que não conseguiram conhecer York… Vale muito a pena, a cidade é encantadora! Beijos

      Responder

Deixe seu comentário