junho 2013

A minha Londres!

por

Nossa última parada da viagem foi Londres. Como eu tinha vontade de conhecer essa cidade… Algumas amigas minhas foram e se apaixonaram, talvez por isso eu a tinha a ideia de que comigo não seria diferente. E não foi! Como tínhamos passado 10 dias vendo o interior da Inglaterra (com todo o seu ar bucólico), chegar numa cidade grande e cheia de vida como é Londres foi um restarte bem interessante pra viagem. Por isso meu primeiro conselho aqui é, se quiserem fazer um roteiro assim (interior + cidade grande) sempre deixem a cidade grande para o final. Fizemos isso na Austrália, ano passado, e foi bem bom. Até porque tem as comprinhas, aí a mala não fica maior e mais pesada logo no início da viagem #artimanhas.

IMG_1328

Londres é vibrante, cosmopolita, alternativa, sem deixar de ser encantadora. Ficamos num apartamento perto do Regent’s Park, na Warren Street. A localização era ótima, com tudo que precisávamos pertinho, principalmente o metrô, nosso principal meio de transporte na cidade. Aliás, falando em metrô (que eles chama de tube), que beleza ter um transporte eficiente de verdade, viu? E fiquei boba quando soube que ele tem 150 anos! Ah, e é o mais extenso do mundo também, serve grande parte de Londres.

Quando chegamos lá, ficamos meio perdidos, sem saber por onde começar. Sempre que chegamos numa cidade maior é assim, com vocês também? Por mais que tenhamos pesquisado, recebido dicas, o negócio começa mesmo quando pegamos um mapa (ou nos localizamos no maps do IPhone) e traçamos um roteiro a partir de onde estamos. Feito isso, decidimos dar uma caminhada no Regent’s Park, já que estávamos pertinho. Gente, que parque incrível, e olha que nem caminhamos tanto… E é aqui, pelo Regent’s, que começo a contar o que mais gostei de fazer em Londres, aquelas dicas que daria pras amigas, sabe? Anota aí!

Caminhe sem pressa pelo Regent’s Park

Como falei, não percorremos todo a parque, mas já assim achei lindo. Só ficava imaginando ter um parque daqueles na minha cidade… Ficaria bem satisfeita! Pessoas correndo, andando de bicicleta, fazendo ioga, conversando, sentadas nos bancos comendo… Tudo tão tranquilo, muito bom. Não chegamos a entrar no Queen’s Mary’s Gardens (quando chegamos já estava fechado), mas aconselho, deve ser lindo! Na minha próxima visita quero ir.

IMG_1013

Regent’s Park

Passeie de bike pelo Tâmisa

Queríamos muito andar de bike nessa viagem, é uma maneira divertida de conhecer o lugar, né? E como em Londres tudo é longe, pedalar é um bom meio de locomoção! Andamos duas vezes. Na primeira fomos de metrô até a Tower Bridge e lá alugamos as bicicletas. Aquelas disponíveis nas ruas mesmo, sabe? A ideia era ir contornando o Tâmisa e ver os pontos turísticos mais famosos (Tower Bridge, London Eye e Big Ben). Foi um passeio muito legal e rendeu ótimas fotos. Nesse passeio, passamos ainda na Westminster Abbey (igreja que o William e a Kate casaram), Palácio de Buckingham e deixamos as bikes no Hyde Park. Outro dia, alugamos a bike perto do Hyde Park e pedalamos por lá. É super gostoso e bom pra quem tem receio de pedalar pelas ruas.

IMG_1215 IMG_1211 IMG_1248 IMG_1267 IMG_1272 IMG_1278

Passeie e faça umas comprinhas em Covent Garden

Como eu adorei esse bairro! O que mais gostei. É fofo, descolado, com várias lojinhas legais (a da Cambrigde Satchel fica lá!). No mercado a gente encontra lojas de grandes grifes como Chanel, restaurantes, cafés, uma delícia. Pra quem gosta de macarons, tem uma filial da Ladurée estrategicamente posicionada em uma de suas esquinas, pertinho do mercado. Para os fãs da Apple, super vale uma visita à loja, que é umas das maiores da marca. Os artistas de rua fazendo suas performances dão ao bairro uma carinha simpática, muito bom se perder por lá.

IMG_1307 IMG_1314 IMG_1316 IMG_1335 IMG_1338

Visite a St Paul’s Cathedral

Ricardo Freire brinca que em Londres existem as opções de passeios de graça (a maioria dos museus tem entrada free) e os caríssimos. Como não somos muito fãs de museus (eu até iria em alguns, mas como tava acompanhado do marido, que não é nada fã, acabamos não indo em nenhum) demos azar de nos restar as opções caríssimas! Andamos na London Eye (compramos o fast track, que não pega fila, e pagamos 26 libras por pessoa, ui!). Achei legal, mas aquela coisa de se fazer uma vez na vida sabe? Tá visto, ok. Por isso, pra quem tem que escolher um passeio caro, daria como sugestão uma visita a St Paul’s Catedral. Que igreja linda, viu? E além do mais, tem tanta história! Claro que a maioria das igrejas da Europa tem muita história pra contar… A St Paul’s data da era medieval e sobreviveu a duas guerras mundiais. Foi lá que o princípe Charles e Diana se casaram em 1981. Tem a segunda maior cúpula do mundo, perdendo somente para a Basílica de São Pedro, em Roma. Na visita, você recebe um aparelho/guia que te conta toda a história da catedral (tem a opção em português, o que ajuda muito). Além disso, você pode subir até o alto da cúpula, tendo uma vista linda de Londres.

IMG_1217

St Paul’s Cathedral lá no fundo

Tome muitos coquetéis ao som de jazz

Faça uma reserva em pelo menos um bar que sirva coquetéis ao som de jazz. Um dos programas mais legais que fizemos. O Lucas reservou para o nossa última noite o Nightjar, foi muito bacana. Também fomos no Experimental Cocktail Club, em Chinatown. O lugar é todo escondido, mesmo com o endereço em mãos foi difícil de encontrar. A ideia é ser aquela coisa exclusiva, sabe? Mas todo mundo é bem-vindo. Lembrando que em Londres é bom SEMPRE reservar. Ninguém quer ficar na vontade, né?

IMG_1593 IMG_1630

Humm… Só de olho no drink. Pela cara, já devia ser o terceiro! rs!

Conheça Nothing Hill

Taí um passeio que achei que ia AMAR e não me amarrei tanto. A não ser pelo bairro e suas casinhas fofas de tudo, não curti tanto sua famosa feirinha, que acontece todas as sextas e sábados na Portobello Road. Acho que tava de mal humor… hahaha Mas coloquei aqui por que acredito que todo mundo tem que ir conhecer. Fomos na sexta, quando não tem muito movimento, no sábado é mais vivo. Almoçamos no Gourmet Burger Kitchen, uma rede que tem vários restaurantes espalhados na Inglaterra. Gente, que delícia. Um dos melhores burgers que já comi na vida. Vou fazer um post só com os meus restaurantes/lugares preferidos, ok?

IMG_1063 IMG_1036 IMG_1057 IMG_1038 IMG_1051

O post ficou enorme, sorry! Mas acho que é isso! Claro que Londres tem muuuito mais a oferecer e até fizemos mais coisas, das quais não curti tanto ou não tivemos muita sorte, seja pelo tempo louco (chuva) ou por gosto mesmo. Tipo, Camden Town, o bairro crazy onde Amy Winehouse cresceu. Não me matem se eu disser que não curti muito? Achei tudo muuuito trash, não é o do meu gosto, sabem? Em compensação, rende ótimas fotos. Também fomos a Greenwich, mas lá, demos azar porque esfriou muito e começou a chover, aí não tinha condições de explorar… Acontece! Fica a vontade de voltar numa próxima! Olhem só alguns cliques em Camden Town.

IMG_1394 IMG_1390 IMG_1399 IMG_1421 IMG_1406

Então, é isso, ufa!

Tem algo que vocês amaram em Londres e eu esqueci de mencionar? Os comentários tão aí pra isso! Conta pra gente!

Beijinhos,

Nati

Meu Look: Em Londres!

por

Oi, gente! Que saudade de escrever aqui pra vocês! Chegamos ontem de Londres e a viagem tava ótima! Pra quem me segue no instagram (@nataliabohrer) pode acompanhar um pouquinho de como foi nossa trip. Passamos 10 dias viajando de carro pelo interior da Inglaterra para, no final, viver a apaixonante Londres. Quando estávamos em Bath, terra dos banhos romanos, cheguei a postar como foram os nossos primeiros dias por lá, mas sabem como é, muita coisa pra fazer, ver, sentir, experimentar, que só chegávamos “em casa” tarde da noite e só pensava em descansar. Aí relaxei… Resolvi que quando voltasse sentaria com calma e contaria tudinho pra vocês, e cá estou!

look moçafresca- londres - gucci - farm 7

Bom… pra começar, que tal um lookinho da minha pessoa em Londres? Usei essa produção no finalzinho da viagem, foi na segunda-feira, pra sair pra jantar. Sim, apesar do dia claro… Fiquei impressionada com o horário do sol, gente. Amanhecia tipo 4 e meia da manhã e só ia anoitecer lá pelas 10 da noite! Muito doido. Mas era ótimo porque dava pra aproveitar bastante o dia. Muito engraçado sair do restaurante e colocar os óculos escuros! rs!

look moçafresca- londres - gucci - farm 6 look moçafresca- londres - gucci - farm 5

Sabem que apesar de lá ser primavera tava bem friozinho? Por isso abusei das meias-calças, cardigãs e casaquinhos. Em Londres usei até casaco de lã, acreditam? Só pra terem uma noção. Esse dia do look tava bem gostoso, coloquei meu vestido com estampa de cavalinhos (fofa) da Farm, meia-calça cinza, cardigã cinza de lurex Renata Campos, bolsa Gucci Soho Disco (usei todos os dias, super prática) e minha botinha Arezzo, que me acompanhou guerreira a viagem toda, super confortável pra andar bastante, já que o saltinho é grosso. Ah, e meu Rayban Clubmaster que acho que tem a cara de Londres. Adoro tanto.

look moçafresca- londres - gucci - farm 1 look moçafresca- londres - gucci - farm 4 look moçafresca- londres - gucci - farm look moçafresca- londres - gucci - farm 2

Gostaram do look, gente? E do cenário? Especial, hein?

ps. estou pensando em falar primeiro de Londres porque tá tudo mais fresquinho na minha memória… E outra, sei de amigos que estão indo pra lá e as dicas podem ajudar. O que vocês acham?

Beijinhos,

Nati

Look Tribo: Casual com charme!

por

Olá! Acho que um bom look casual tem que ter algum pontinho de charme senão fica sem graça, concordam? E o que faz com que uma produção seja charmosa? Bom, vários fatores contribuem pra isso. Um exemplo deles tá presente neste look, que é a mistura de cores. Reparem como o verde menta da jaqueta em couro fake da Index fica bem com o vermelho escuro da blusa Lança Perfume. São duas cores que se complementam muito bem. Fora os acessórios, a bolsa (Dimy) e a botinha (Schutz), que são um charme só. Olha!

IMG_3653 IMG_3608 IMG_3606 IMG_3610 IMG_3666 IMG_3612 IMG_3659 IMG_3629 IMG_3667 IMG_3616 IMG_3661

Look aprovado, meninas?

Tribo | Av.Brasil Oeste, 15, Centro | Telefone: 54 3311-2353

Rua Morom, 1446, Centro | Telefone: 54 3601-1854

Bourbon Shopping | 54 3632-3555

Fotos: Carlos Teston

Beijinhos,

Nati

SuCasa: Mesa Posta

por

Uma mesa posta de forma elegante sempre agrada, não é mesmo? Tanto aos convidados quanto aos nossos olhos! rs! Falando sério, acho lindo quando o anfitrião se preocupa com esses detalhes. Por isso pedi para que as meninas da SuCasa montassem duas opções combinando os pratos, sousplats e os porta-guardanapos. Não é que ficaram lindas? Olhem só.

IMG_9095 IMG_9110 IMG_9108 Este jogo em preto e branco funcionou muito bem com o porta-guardanapos também em preto e branco quadriculado. Ficou uma brincadeira geométrica interessante, não acharam? Neste caso, o sousplat é de metal, garantindo uma carinha moderna ao jogo.

IMG_9167 IMG_9166 IMG_9178Este conjunto já é mais ousado. O jogo americano com as bordas de oncinha combinou super bem com o sousplat em metal dourado. Já o porta-guardanapo de flor em tecido marrom quebrou o ar selvagem do jogo, garantindo um certo grau de romantismo. Perfeito para um jantar romântico ou então uma reunião com as amigas, elas vão achar lindo!

SuCasa | Rua Independência, 640 | Passo Fundo | Telefone: 54 3313-8976

Beijinhos,

Nati

 

Inspiração: Céline Trio

por

Gente, não quero ser monotemática, tá? Fato é que ando numa paixão por bolsas que vou te contar. Agora as minhas anteninhas apitaram para uma bolsinha bem simples, mas que anda fazendo a cabeça de muitas fashionistas por aí. Estou falando da Céline Trio. Quem também já botou reparo nela?

Ela é prática, minimalista e só não é discreta por sua linda cartela de cores. Tem vermelha, amarela, azul, rosa, sem falar na pretinha que é super versátil. Li que ela é composta por três “mini clutches” acopladas, que podem ser usadas de várias maneiras: separadamente, como clutch sem alça; ou juntas, de lado, na transversal, ou como uma clutch com alça. Legal, né?

Acredito que ela seja um bom investimento pra quem quer comprar uma bolsa de grife, mas não quer aquelas que todo mundo tem. É algo mais “exclusivo”, entendem? O preço da queridinha sai em torno de $900. Por ser uma Céline, penso que seja uma boa compra. Até porque você pode usá-la tanto de dia quanto de noite. Olhem só algumas inspirações!

celinetrio10 celinetrio6

celinetrio14 celinetrio12 celinetrio8 celinetrio5 celinetrio3

celinetrio13 celinetrio7 celinetrio4

E aí, o que me dizem? Linda bolsa, não? 

Beijinhos,

Nati