novembro 2012

Desejo: Coletinho jeans!

por

Quem me acompanha no Instagram viu que essa semana fui na Renner conferir as novidades e, por coincidência (se é que existem coincidências na moda) curti duas peças, e as duas eram coletes jeans. Um era mais curtinho com as pontinhas prontas pra fazer o nozinho e o outro tinha o comprimento mais clássico, mas com tie dye nos tons de verde e azul. Acabei não levando nenhum. Fiquei em dúvida se usaria o mais curtinho porque aparece uma parte da barriga e fico meio insegura (até perguntei no Instagram se era hot or not, e a maioria curtiu! rsrs). O outro fiquei em dúvida pelas cores. Vejam só o curtinho!

Gostei desse coletinho porque tem uns detalhes fofos, viram as tachinhas perto dos bolsos e acabamento de metal nas golinhas? Eu usaria com um shortinho ou saia com o cós mais alto, assim, não apareceria a barriguinha. E vocês?

Bem, depois lembrei que eu tenho um coletinho bem clássico, que fiz a partir de uma jaqueta jeans de quando eu era criança (cortei as mangas e pronto) e ele tá lá, esquecido no meu armário! E quando a gente tem dúvidas de como usar tal peça, o que que a gente faz? Busca inspirações! Sente só quantas formas bacanas de usar colete jeans.

Com saia, com calça, com vestido. Viram como o colete jeans é curinga? Ele faz parte do rol de peças que usamos quando queremos adicionar aquele algo a mais no look. Lembram do post que fiz sobre a “terceira peça”? É um truquinho que usamos pra dar um toque final à produção! Colocou uma calça colorida e uma t’ shirt e sentiu falta de alguma coisa? Joga um coletinho por cima, o look vai ficar muito mais interessante e com informação de moda.

Além do mais, o colete cria uma linha vertical no corpo, disfarçando aquelas gordurinhas indesejadas. E se você tem o quadril largo, a dica é investir em peças mais longas, que disfarçam essa parte do corpo.

Imagens: Blog da Thássia / Shoelover / Song of Style

E aí, qual a produção preferida de vocês?

Look do dia: Flare + Bata

por

Oi gente! Quando bati o olho nessa bata com estampas de penas da Zara na minha lua de mel, ano passado, não tive dúvidas e arrematei. O problema é que, apesar de ter amado a estampa, uso muito pouco por causa do tecido! Acho  muito quente, sabe? Claro, é sintético, 100% poliéster. E como a modelagem é bem fechada se torna meio desconfortável. Como hoje de manhã tinha um ventinho meio fresquinho, pensei que seria uma boa oportunidade de usar! Pra compor, peguei a minha calça jeans de modelagem flare, da Colcci, e achei que ficou com uma carinha super anos 70!

No fim, gostei do resultado, apesar de agora a tarde estar fritando dentro da roupa! hahaha Que coisa esse clima, né? Bom, chega de papo e confiram o look!

Agora, me contem! Look aprovado? Quero saber!

Looks para o Reveillon: Rio de Janeiro

por

Gente, vocês acreditam que o ano tá chegando ao fim? Chega a ser lugar comum dizer isso, mas como o ano passou rápido, né? Com tantas coisas pra fazer, planos pra botar em prática, coisas do dia a dia, acabamos nem vendo o tempo passar! É bem aquela coisa, os dias demoooram pra passar, mas as semanas voam!

Bem, e com a chegada do fim do ano, rolam algumas dúvidas sobre o que usar nas festas de reveillon. Acho que no Natal é mais tranquilo, já que a maioria passa com a família, em casa, aquela coisa mais relax, nada muito elaborado. Já no reveillon, dependendo de onde se vai passar, podem surgir algumas dúvidas e foi o que aconteceu com a Gabi, minha amiga que está morando no Rio de Janeiro. Vai ser o primeiro ano novo dela lá e ela não sabe em que apostar. E como eu prometi pesquisar umas referências pra ela, pensei em fazer uma sequencia de posts com os destinos mais procurados no reveillon, começando pela cidade maravilhosa!

O Rio de Janeiro talvez seja o lugar mais concorrido para se estar na virada do ano. A festa na praia de Copacabana e os fogos de artifício são famosos, quem nunca esteve no Rio certamente acompanhou pela tv! Os cariocas são descolados, mas nem por isso quem for passar lá, não deve se preocupar em fazer bonito. Quem for passar a virada em algum clube (o que é o caso da Gabi), pode apostar nas texturas e em modelagens simples (as texturas vão dar aquela importância à peça e a modelagem vai equilibrar). Por exemplo, um vestido coquetel de renda ou crochê, na sua cor favorita, ficaria lindo. Se o vestido não tiver nenhuma textura, apostaria em vestidos estruturados, com pedrarias, alguma estampa incrível (as espelhadas estão com tudo), algum detalhe que faça a diferença, sabe?

Agora, se não quiser passar de vestido, aproveite que os shortinhos andam na moda e use com algum detalhe ou cor especial. Pode ser estampado, bordado, aí é com você. Se o short chamar atenção, coloque um top neutro, como branco ou off white, e aí invista em algum acessório, como um maxi colar. Fica lindo, olha só.

Outra ideia seria apostar em um macacão em um tecido leve. Adoro os chamados macaquinhos, que são um shortinho embaixo, mas os compridos também são interessantes! Adorei este da Farm, com recortes na lateral da barriga.

Um comprimento que acho lindo pra usar no reveillon é o mullet, que é curtinho na frente e comprido atrás. Dá um movimento incrível, não acham? Se eu fosse passar na praia, apostaria num vestido como este da Farm, com estampas em cores claras, e bem fluído. E sem esquecer de uma rasteirinha bem descolex no pé!

Uma dica: o sapato deve ser escolhido de acordo com a formalidade da festa. Se a festa for bem formal, num salão de um clube por exemplo, dê preferência para sapatos mais finos, como scarpins ou sandália com tiras finas. Agora, se o dress code for tranquilo, pode colocar uma sandália mais casual. Se for na areia e não quiser descer do salto, aposte nas anabelas de corda, que combinam bem com praia. Mas, pra mim, as rasteirinhas são imbatíveis.

Claro que quem não for passar a virada no Rio, super pode aproveitar essas dicas da mesma forma. Inclusive, Floripa é um destino que vai na mesma onda do Rio de Janeiro. E lembrem-se que o bom senso é sempre nosso amigo na hora de se vestir. Se achar que tá demais, tire uma peça, já dizia Chanel. O negócio é se sentir linda e confortável com o que está vestindo, não acham? 

Os próximos posts serão sobre Trancoso (que é uma praia com um estilo mais descontraído) e pra quem vai passar na cidade, sem praia, que é o meu caso. Kuén, kué, kuén.

Imagens: Blog da Mariah / Farm

Espero que tenham curtido as dicas, meninas!

Beijos,

Nati

It’s all about pink!

por

Ai gente, tem cor mais fofa que o rosa? Feminina, delicada, mas ao mesmo tempo cheia de atitude, dependendo do tom escolhido. Quer ser uma lady romântica? Vá de rosa pastel, num tom bem clarinho. Quer ser uma mulher super poderosa? Vá de rosa choque, naquele tom bem forte!

Pra gente se inspirar, o blog selecionou looks lindos com a cor. Quer ver?

 

Viram como muitas combinações são com preto? Eu acho lindo e contrapõe muito bem. Com listras em preto e branco também fica uma graça.

Qual é o look preferido de vocês?  

Inspiração: Óculos de grau

por

Foi-se o tempo em que usar óculos de grau era sinônimo de vergonha. Se um dia eles foram um verdadeiro pesadelo pra muita gente, principalmente pras meninas naquela fase complicada da adolescência, hoje eles passaram a ser ícones de estilo.

Também, pudera. Com tanta oferta de armações diferentes, charmosas, coloridas, estampadas, não tem porque não aproveitar pra fazer deles, um acessório cheio de personalidade. Adoro que hoje, os óculos de grau podem ter o formato de óculos de sol, como o Wayfarer, da Rayban. Eu acho super cool, e se precisasse usar óculos não me descabelaria não. Olha só porquê.

http://jesspauletto.tumblr.com/

E vocês? Usam óculos? Que modelos gostam mais?