Oi de Hunter Valley!

por
Oiii gente! Ontem, antes de pegarmos a estrada para Hunter Valley, fomos conferir as cavernas de Jenolan Caves. O lugar é incrível, para chegar lá você tem que pegar uma estradinha cheia de curvas, muito bonita! Como era sábado, estava cheio de turistas, o que atrapalhou um pouquinho.

Jenolan Caves tem cerca de nove cavernas pra ver, mas os passeios para as mais famosas  – e maiores – estavam lotados. Fomos na Temple of Ball, um tour de 1h30min, que poderia muito bem ser feito em 40min! No mais, a caverna era linda, cheia de formações de calcário de milhões de anos atrás! Pra mim foi surpreendente. Ahhh, antes de visitar a caverna fizemos uma trilha e lá, num laguinho, vimos um ornitorrinco! Muito legal.


Falei que tínhamos pego a estrada para Hunter Valley, né? Pois ontem à noite chegamos aqui. Nosso hotel, o Hermitage Lodge, é ótimo! E hoje de manhã podemos conferir como a região é uma delícia, cheia de vinhedos e paisagens lindas.

Alugamos uma bike no Grapemobile Bycicle Hire Hunter Valley Vineyards. O Glenn, dono do lugar, é uma simpatia! Nossa foto está no Facebook dele! Andar de bicicleta pelo lugar que se está conhecendo é uma ótima forma de se envolver mais na cultura do lugar, a gente curte muito!



Depois de cansar um pouquinho (!) passeando de bicicleta por Hunter Valley, pegamos o carro e fomos fazer um tour pela micro cervejaria Hunter Beer Co. Muito bacana! A mestre cervejeira, Jess, nos mostrou como a cerveja é feita – alguns processos diferentes dos do Brasil, que conhecemos – e a cerveja é muito boa. Mesmo. A minha preferida foi a WitBeer (belga de trigo) e a do Lucas foi a Ginger Beer (de gengibre). Mas o mais legal foi conhecer o pessoal da cervejaria e do tour! Como é bom poder conhecer e conversar com pessoas de diferentes países e culturas!

E amanhã vamos passear de balão! So exciting! =D

Estão gostando dos relatos da viagem? 

Beijo, beijo!

comentário(s) via facebook

2 comentários

  1. Mãe

    Muito legal passear de bicicleta nessa paisagem linda!
    Saudades.beijos pra ti e pro Lucas.

    Responder
  2. Natália Bohrer

    Aii que amor, mãe! Te amo!

    Responder

Deixe seu comentário