Detalhe charmoso: O peplum!

por
Já faz um tempinho que estou ensaiando pra falar aqui sobre o peplum, aquela saia extra, que parece um babado e pode vir em saias, tops vestidos e casacos, sabe? Quando vi fiquei na dúvida se ia curtir, mas como sempre, fui me acostumando e cá estou eu querendo um peça com esta silhueta.



Este “shape”, que foi moda nos anos 40 e 50, apareceu em muitos desfiles importantes, como Givenchy e Alexander McQueen, e a partir daí entraram em evidência. É figura fácil em sites de street style, na maioria da vezes em looks românticos e com uma pegada retrô. Mas tem gente que aposta em looks moderninhos, como este de cima com cores fortes, ou em looks com tênis numa pegada mais esportiva.


A silhueta peplum, a princípio, deve ser usada com bom senso, pois implica em voluma extra numa parte do corpo que geralmente queremos disfarçar. Mas se usado corretante pode até a ajudar a definir a cintura, criando o chamado corpo ampulheta.


Então meninas, o jeito aqui é apelar para o velho e bom espelho, tendo em mente o equilíbrio do look. Assim: se o volume (babado) está na saia, uma blusa sequinha dará conta do recado. E se o volume estiver na blusa, o negócio é usar uma saia justinha – míni ou lápis ficam uma graça! – ou então uma calça skinny.


Vi por aí looks com tops peplum e pantalonas mais larguinhas. Até gostei, mas acho mais difícil de acertar. 

O que vocês acham, vão aderir?

comentário(s) via facebook

Deixe seu comentário