agosto 2010

Camisa jeans ou não, eis a questão!

por
Pelo que andei lendo, principalmente nos comentários de alguns blogs, muita gente não curte essa moda da camisa jeans, se o look for jeans com jeans então, piorou! Tem uma galera questionando o porquê desse revival, “quem trouxe essa moda de volta?!”, que deve ficar lá, no passado… Mas gente! A moda é assim mesmo, um vai e volta sem fim. Tem até quem diga que tudo já foi inventado. Isso, eu já não sei.
Sabe o que eu acho que acontece? Quando a moda que volta é de uma época que a gente viveu, complica a coisa, porque já passamos por aquilo e temos nossas experiências e lembranças. Da mesma forma acontece quando a gente olha nossas fotos antiguinhas. Sempre rola uma decepção e (às vezes) boas risadas! “Como eu pude usar isso!” Não é?
E quando a peça em si nos remete a cafonice, como com a camisa jeans, não conseguimos nem olhar pra coitada. Não gente! Porque além de reciclar a moda, trazendo peças de outras épocas pra hoje, temos que reciclar também nossas ideias! Com criatividade, bom senso e uma pitada de elementos moderninhos conseguimos fazer um revival bacana, sem traumas.

Feminino vs Masculino

por
Não sei se houve algum momento da história da moda onde a moda feminina resgatou tantas referências da moda masculina como nos dias de hoje. Tudo começou com os modelos boyfriend: calças, jaquetas, blazers, shorts, tudo bem grandão, como se tivéssemos roubado do namorado (e muitas vezes roubávamos mesmo!).

 Katie Holmes foi pioneira ao usar as “calças do Tom Cruise”

Nesta temporada, Chloé deixou um pouco de lado a feminilidade presente nas coleções assinadas por Phoebe Philo e apostou no guarda-roupa deles, com a atual estilista da marca, Hannah MacGibbon, nos lembrando que peças com formas clássicas da alfaiataria masculina are the new black! 

Primavera/Verão 2010 apresentada na Semana de Moda de Paris

Mas um item do guarda-roupa masculino que está me deixando bem feliz é sapato oxford. Confesso que tive, no princípio, uma certa implicância com ele, mas agora estou bem acostumada e in love!

Várias celebs adoram e usam direto e muitas marcas já têm os modelos pra chamarem de seus! Eu comprei um modelo na Arezzo bem lindinho com a pontinha de verniz! Acho que eles tem uma pegada meio nerd, que está super in!

Olivia Palermo e seu Oxford prata

. Tem mais alguma peça do guarda-roupa deles que vamos nos apropriar?

Estampas Liberty

por
Tem estampa mais fofa que a Liberty? Aquelas florzinhas miudinhas super me encantam. E agora que a primavera se aproxima ficamos mais vulneráveis a sua beleza! Poeticamente falando.
O que muita gente não sabe é de onde vem esse nome (que, cá entre nós, já é meio caminho andado, de tanto que combina). Pois bem, as estampas de florais miudinhos são chamadas Liberty por causa de uma marca inglesa chamada Liberty of London.
Interior da loja Liberty of London
Em 1875, Arthur Lazenby Liberty fundou a loja de departamentos Liberty of London que vendia objetos de arte trazidos de alguns países, entre eles, o Japão.
Objetos com estampas Liberty
Alguns anos depois, Arthur decidiu expandir os negócios para a área da moda e começou a produção de tecidos com o padrão de florzinhas coloridas, que logo viraram febre e ganharam o nome do dono.
Muitos tecidos com estampas liberty estão disponíveis na loja
. Hoje, infinitas peças de arte, moda e decoração são produzidas com a famosa padronagem.
Objetos de decoração com uma pegada très romantic
Linha Give Me Liberty of London da MAC

Tênis Nike com um patchwork lindo de estampas Liberty

Hit Bags!

por
Sabe-se que algumas bolsas são clássicas e outras, hits do momento. Bolsas que, por serem lançamentos de grifes badaladas ou por simplesmente aparecerem como “as queridinhas” de celebridades, bombam nas lojas e nas ruas das grandes cidades. Aí que, euzinha aqui, muito curiosa, resolvi fazer uma listinha com as bolsas que estão voando das prateleiras!

E claro que, apesar de todas as bolsas listadas serem de marcas gringas, notem que podemos encontrar suas versões em marcas daqui! Normal.É só ficar de olho para perceber as “inspirações”.

Coco Cocoon, Chanel

Esta charmosa bolsa está disponível em diversos tamanhos e acabamentos, mas o mais comentado é o de nylon, material leve, que dá a bolsa uma cara mais esportiva. Conta com o clássico matelassê e alguns modelos são reversíveis.

Alexa, Mulberry

A marca inglesa Mulberry fez uma homenagem à apresentadora e it girl Alexa Chung com esta bolsa em estilo doctor. O modelo está disponível em vários materiais, tamanhos e cores, mas o tom mais procurado é o camelo.

St. Louis, Goyard

Esta bolsa, da exclusivíssima marca francesa Goyard, é feita de lona e possui discreto monograma pintado à mão. É vendida em três tamanhos e possui uma exuberante cartela de cores. Depois que Carolina Dieckmann apareceu usando a sua St. Louis laranja na praia, virou hit, apesar de ser clássica e conhecida apenas por poucos (e bons!).

PS1, Proenza Schouler

A PS1 virou ícone da marca, considerada a bolsa-carteiro definitiva. Tem tamanho médio e possui inúmeras cores e materiais, como camurça, couro natural e peles exóticas.

Classic Box, Celine

Segundo a Vogue americana de maio, esta será a bolsa da vez, pelo fato de ser simples e delicada. Seu design é discreto, com formas limpas, garantindo elegância e possibilidade de inúmeras combinações.
. Uma mais linda que a outra, né? Eu estou apaixonada por essa da Celine, bem minimalista! E vocês?

O que não usar – Por Arnaldo Jabor

por
Gente! Recebi esse texto da minha colega de pós, Lu Bulcão (tks Lu!), e não pude deixar de compartilhar com vocês, caras leitoras. O Arnaldo Jabor, que tem um humor ácido adorável, escreveu, em itens, o que ele acha que as mulheres NÃO devem usar! Muito bom!!

Algumas coisas que as mulheres devem saber que são tristes de usar. Com isso, e pela importância que dou ao sexo feminino, decidi fazer uma pequena listinha de coisas que simplesmente algumas mulheres deveriam repensar antes de usar (caso uma mera opinião masculina importe).
É triste mulher:

1) Usar esmalte com uma florzinha (ou estrelinha) em uma das unhas combinado com a outra mão (no pé já é caso de internação).
2) Salto de acrílico (a não ser que vá fazer um filme pornô ou agradar o namorado fetichista). Sapato branco também é de lascar.(a menos que você seja enfermeira…) Bota Frankstein, aquela do plataformão preto. Nem Mortícia Adams teve coragem de usar… E, sandália com plataforma de madeira entalhada. Essa dispensa qualquer comentário

3) Lente de contato colorida. Essa é uma das tenebrosas campeãs. Além de dar uma enorme vontade de lacrimejar de aflição (para quem está de frente com o ser), parece que estamos diante de uma personagem do próximo filme do X-Men.
 
4) Meia-calça cor da pele, tipo Kendall para o inverno (a não ser que tenha mais de setenta anos ou use debaixo da calça em caso de frio extremo). Em hipótese nenhuma deve ser usada com saia e sandália aberta.

5) Calça justa demais, que aperte as partes íntimas (fica parecendo uma pata de camelo). Calça de cintura baixa com aquelas gordurinhas sobrando para os lados e….. cofrinho aparecendo… . Não obrigue os outros a ter que ver isso!

 

6) Descolorir os (muitos) pelos da barriga, o famoso ‘caminho da felicidade’. Melhor depilar, caso contrário é melhor procurar um namorado que tenha colocado blondor no bigodinho. Farão um lindo par.

7) Unha do pé grande, maior do que onde termina o dedo, além de ficar muito feio pode ser um perigo fazendo ‘carinho’ com o pé, no marido ou namorado. Se estiver solteira, vá à praia de meia.

8) Calça jeans com muitas aplicações (bordados, rosas coloridas, etc.). Tudo em exagero polui o visual e esse tipo de calça tem muita informação. Usada junto com o item 2 é uma das piores composições. Se pretende sacanear algum namorado (ou ex), chame-o para jantar ou dançar, e vá assim.

9) Perfume Paris, do Yves Saint Laurent ou um tal de Angels…. não tem desculpa. As pessoas ao redor não merecem isso e nem todo mundo carrega Neosaldina na bolsa. Usar no verão então, é sadismo.

10) Calça legging com tamanco de madeira. Se você não estiver numa refilmagem de ‘Grease nos tempos da brilhantina’, use outra maneira de chamar a atenção. Há outras (e muito melhores) maneiras de um cara te achar gostosa.
E aí, alguma objeção?